NOSSO BANNER

Create your own banner at mybannermaker.com!

Quarto Reich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Quarto Reich é um termo utilizado para descrever um futuro teórico da história alemã - um sucessor do Terceiro Reich. O termo foi utilizado inicialmente por Rudolf Hess após osJulgamentos de Nuremberg, quando, sofrendo de distúrbios mentais, afirmou ser ele o "Führer do Quarto Reich".[1] Porém o termo se tornou popular nos anos de 1960 e 1970, devido ao fato de várias figuras políticas da Alemanha Ocidental, como o chanceler Kurt Georg Kiesinger, possuírem vínculos com o regime do Terceiro Reich.

Em termos de neo-nazismo, o quarto Reich é apresentando como um Estado em que vigora a "supremacia ariana", anti-semitismo, Lebensraum, militarismo e totalitarismo. Neo-nazistasacreditam que o Quarto Reich abrirá caminho para o estabelecimento de um "Império Ocidental", um império pan-ariano abrangendo terras com proeminentes laços arianos (Europa,Rússia, Anglo-América, Austrália, Nova Zelândia, e algumas partes da América do Sul como o Brasil), o que permitiria que o Ocidente entrasse no "choque de civilizações". [2]

Em seu livro, "A Ascensão do Quarto Reich: As sociedades secretas que ameaçam assumir a América" (em inglês: The Rise of the Fourth Reich: The Secret Societies That Threaten to Take Over America) Jim Marrs argumenta que alguns membros sobreviventes do Terceiro Reich, juntamente com simpatizantes dos nazismo nos Estados Unidos e noutros países, trabalharam clandestinamente desde o final da Segunda Guerra Mundial para que alguns dos princípios do nazismo (por exemplo, militarismo, fascismo, imperialismo, espionagem generalizada e utilização de propaganda para controlar os interesses nacionais) sejam infiltrados na cultura, governo e empresas em todo o mundo, mas principalmente nos Estados Unidos. Ele cita a suposta influência do nacional-socialismo nos Estados Unidos no final da Segunda Guerra Mundial, tais como cientistas nazistas que ajudaram os E.U.A no avanço naindústria aeroespacial, bem como a aquisição e a criação de conglomerados pelos nazistas e seus simpatizantes após a guerra, tanto na Europa e E.U.A.



segunda-feira, 29 de junho de 2015

INFILTRADOS - as mesmas almas se encarnaram uma e outra vez, mudando de lado, tentando conseguir equilíbrio em toda essa luta.

PONTE OCULTA : A GRANDE MORADA VIII O Império havia desenvolvido maneiras para controlar corpos astrais; a morte já não era o equivalente de liberdade. Muitos indivíduos estudaram com mestres hereges para aprender dos antigos conhecimentos com respeito a viagens dimensionais de consciências. Viagens dimensionais de consciência que, em nossa linguagem, chamamos de projeção da consciência ou viagem astral. Poucos teriam êxito, mas aqueles que o conseguiram, encontraram uma maneira de sair do sistema de Órion para sempre. Graças a um importante esforço de concentração, e de conseguir desligar-se do sistema de crenças da consciência coletiva de Órion, uma pequena porcentagem de indivíduos foi capaz de sair de seus corpos (morrer) e encontrar, e perceber, aos seres que haviam escapado de Órion, ou estavam reencarnados na Terra. Os seres de Órion tinham a capacidade de encontrar indivíduos terrestres no passado, presente e futuro da Terra. Uma vez avistados, a entidade de Órion era capaz de criar uma janela através da qual ele/ela podia viajar. Quando ele/ela passava por essa janela e se encarnava na Terra, este ser se “perdia” na consciência coletiva do planeta. Isso era um mecanismo de segurança; desconheciam sua própria identidade, não podendo ser perseguidos pelo Império de Órion. Desde muito, dos estudos espiritistas e teosóficos, aprendemos sobre processos obsessivos. Nesses processos encontram-se duas facções: 1 – o que se diz vítima; 2 – o que se diz algoz. Este, quando se manifesta em contatos mediúnicos, informa que apesar do “novo disfarce” de sua vítima – quer dizer, um corpo físico diferente daquele que ele conheceu em outra existência – finalmente a encontrou. Portanto, o parágrafo acima comenta, exatamente, isso. Habitantes de Órion, perseguidos, refugiam-se na Terra, “escondendo-se” – encarnando-se - em corpos físicos de nossa raça. Os que conseguiram escapar entraram desse modo no ciclo de reencarnações da Terra, embora, o mais provável, é que continuaram vivendo o drama de Órion a nível inconsciente dentro do padrão de sua alma. Às vezes, os representantes do Império de Órion lhes perseguiam imediatamente através dessa janela. Com frequência esses mandatários do Império de Órion também ficavam “ancorados” na consciência coletiva da Terra e tinham que entrar no ciclo de reencarnações; ao reencarnarem-se levavam em seu interior o mesmo desejo de controle. Grifamos o trecho acima para salientar questões atinentes aos dramas obsessivos. “Esconder-se” num corpo humano físico da Terra não era o bastante para apaziguar aquele indivíduo. Internamente, continuavam repercutindo as idiossincrasias originadas em Órion. E não é isso o que tanto se vê em nossa sociedade ? Pessoas, interiormente desajustadas ao ambiente em que vivem, apesar de externamente não demonstrarem o drama que nelas se desenrola.

Life's Changing II: OS OVNIS E O CONTROLE MENTAL DE HUMANOS 2

Life's Changing II: OS OVNIS E O CONTROLE MENTAL DE HUMANOS 2: " Não são os votos que contam, mas sim quem conta os votos ."            
Em 1958 a Força Aérea dos E.U.A. decide criar, com dependência direta dos seus serviços de inteligência, o Projeto Orion cujo pseudônimo era Projeto Dreamland (terra de sonhos) . Os objetivos eram idênticos aos anteriores. Os meios eram: a hipnose, o uso drogas e a excitação eletrônica do cérebro -E.S.B. através radar, F.M. e microondas. É ensaiada pela primeira vez a indução mental esquizofrênica de involuntárias que foram vítimas de raptos de OVNI's, através de projeções holográficas de OVNI's e de bombardeamentos eletromagnéticos do cérebro. Na sua edição de Novembro de 1993, a revista NEXUS publicou reportagem sob o título "Psychic Warfare & Non-Lethal Weapons" sobre a utilização de emissões de radiofreqüência nos EUA, em que esclarecia que o coronel John Alexander, coordenava há alguns anos uma equipa do laboratório de Los Alamos, (constituída por agentes da CIA e da defesa) que dedicava-se à investigação do controlo da mente e em projetos psicotrônicos, nos quais, utilizava freqüências VLF (freqüências muito baixas de 20 a 35 kHz). Com retransmissores instalados em vários "inseria" mentalmente em "cobaias inverossímeis de OVNI's por forma a desacreditar todos os investigadores privados que , seriamente, dedicam-se ao seu estudo. Curiosamente o Dr. Byron T. Weeks, na sua obra "Tavistock - The Best Kept Secret in America" explica que o STANFORD RESEARCH INSTITUTE encontra-se associado a estas pesquisas sobre o controlo da mente desde 1952, num trabalho designado "Mudar a Imagem do Homem". Abro aqui um um parêntesis para esclarecer que face aos insistentes rumores e às pressões exercidas pela opinião pública norte-americana o STANFORD RESEARCH INSTITUTE através de um alto responsável científico, especialista na área do comportamento humano, decidiu esclarecer, através dos órgãos da informação (imprensa, rádio e TV), que, efetivamente, durante vários anos aquele Instituto colaborou com a Agência e humanos, dos mental controlo "interessantes". Dando um exemplo: radioelétricos conseguiram estimular partes do cérebro de pessoas que trabalhavam numa base secreta na ex-URSS e que, transmitiram mentalmente imagens do local que puderam ser recebidas nos EUA por seres humanos "receptores"

Life's changing...: Nova Entrevista com ALEX COLLIER feita em 25 JUNHO...

Life's changing...: Nova Entrevista com ALEX COLLIER feita em 25 JUNHO...: ENTREVISTA RECENTE DADA POR ALEX COLLIER NO DIA 25 DE JUNHO DE 2015 PARA A RÁDIO PYRAMID ONE NETWORK RADIO ao senhor, Robert Potter. A ...

sábado, 27 de junho de 2015

INFILTRADOS - provado que a teoria quântica exige "ação fantasmagórica à distância"!!!

Em 1963, o hambúrguer um bilionésimo McDonald foi servido pelo fundador Ray Kroc em programa de televisão popular de Art Linkletter, 43 presidente dos EUA John F. Kennedy foi assassinado em Dallas, Texas; e fisiologista russo Leonid Vasiliev publicou os Experimentos livro em sugestão mental. Vasiliev foi pioneira exploração da "hipnose remoto" na década de 1920 e 1930, replicando o fenômeno somnambulistic da Rússia descobriram mais de um século antes pelo Marquês de Puységur. Vasiliev demonstrou que sonâmbulos poderia ser induzido a cair em estados de transe profundos quando dado sugestões hipnóticas de uma distância, em alguns casos, milhares de milhas de distância. Este livro foi importante não só por causa dos fenômenos descritos, mas porque Vasiliev descreveu como seus experimentos foram levadas a sério nos mais altos níveis do governo russo e estabelecimentos científicos. Em 1964, Martin Luther King Jr. foi agraciado com o Prêmio Nobel da Paz, a canção dos Beatles "I Wanna Hold Your Hand" tornou-se o # 1 música pop nos Estados Unidos, e psicólogo Montague Ullman lançou uma série de estudos de telepatia sonho no Maimonides Medical Center, em Brooklyn, Nova Iorque. Naquele mesmo ano, na Europa, o físico irlandês John Bell matematicamente provado que a teoria quântica exige "ação fantasmagórica à distância". Isso prova famoso se tornaria conhecido como o teorema de Bell, e alguns físicos considerá-la como a descoberta científica mais profunda do século XX. No ano seguinte, a revista Science publicou o seu habitual panóplia de artigos científicos, incluindo um artigo claramente atípico intitulado "indução eletroencefalográfica Extrasensory entre gêmeos idênticos." Dois pesquisadores do Departamento de Oftalmologia do Jefferson Medical College, em Filadélfia relatou golpeando-se-ia dizer assustador -correspondences nos electroencephaolographs (EEG) de pares separados por distâncias de gêmeos idênticos. A noção de mentes emaranhados nasceu. Em 1969, o álbum dos Beatles Abbey Road foi lançado; que se tornaria um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos. Astronauta da Apollo 11 Neil Armstrong se tornou o primeiro homem a pisar na lua, e Helmut Schmidt, um físico alemão-americana no Boeing Laboratórios Científicos, publicou um artigo sobre um experimento psychokinesis automatizado usando um circuito eletrônico "coin-flipper" chamado um número aleatório gerador (RNG). Isso se tornaria um modelo para um dos experimentos psi mais frequentemente replicadas ao longo dos próximos várias décadas. A Associação de Parapsicologia foi eleito uma filial oficial da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em 1969, marcando o primeiro reconhecimento mainstream da pesquisa psi como um empreendimento científico legítimo. Em 1972, o primeiro bem sucedido jogo de vídeo (Pong) foi lançado, Nike tênis de corrida foram vendidos em primeiro lugar e Richard Nixon tornou-se o primeiro presidente dos EUA a visitar a União Soviética. Os físicos Harold Puthoff, Russell Targ, e Edwin maio começou um programa de pesquisas classificadas em fenômenos psi para numerosas agências governamentais dos EUA, e os físicos Stuart Freedman e John F. Clauser publicou um teste experimental bem sucedido do teorema de Bell. 

O 4°REICH - Programa STARGATE!!!

Psicólogo Ramakrishna Rao, diretor da Fundação para a Investigação sobre a natureza do homem, juntamente com o psicólogo John Palmer , publicou um extenso artigo, positivo na pesquisa de psi na revista Behavioral and Brain Science. Em 1989, a Guerra Fria descongelados, os relatos de "fusão a frio" foram recebidos com aclamação selvagem pela imprensa e, em seguida, imediatamente atacada pelo mainstream científico, Teenage Mutant Ninja Turtles eram um grande sucesso, e Sony Labs pesquisador Yoichiro Sako se aproximou de um Sony dois fundadores, Masaru Ibuka, sobre o estabelecimento de um laboratório psi dentro Sony. Ibuka concordou, eo laboratório "ESPER" iniciou suas operações. Alguns anos mais tarde Ibuka morreu, eo laboratório fechada. Quando perguntado sobre a pesquisa do laboratório ESPER, porta-voz da Sony Labs Masanobu Sak-aguchi teria dito: "Nós descobrimos experimentalmente que sim, ESP existe, mas que qualquer aplicação prática deste conhecimento não é provável no futuro próximo." 47 Em 1994, interesse na World Wide Web começou a explodir eo espetáculo bizarro de perseguição de carros "velocidade lenta" de OJ Simpson sobre os freeways de Los Angeles foi transmitido ao vivo em todo o mundo. A Fundação Bial, parte de uma empresa farmacêutica em Portugal, começou a oferecer bolsas de investigação em parapsicologia. Este Foundation logo se tornaria um dos principais patrocinadores independentes do mundo de pesquisa psi. No ano seguinte, programa secreto do governo os EUA de pesquisa psi e aplicações, STARGATE codinome na época, foi tornado público pela CIA. Ao mesmo tempo, um novo programa de pesquisa psi apoiado pelo Governo japonês e chefiada por Mikio Yamamoto, iniciou suas operações no Instituto Nacional de Ciências Radiológicas, parte da Agência de Ciência e Tecnologia do Japão. Esse programa fechado em 2005, quando se aposentou Yamamoto. Em 1998, quando a economia dos EUA começou a expandir-se a um ritmo sem precedentes devido ao surgimento da Internet, a primeira patente para um interruptor eletrônico operado por psi foi concedido (número 5830064). A patente foi baseado na pesquisa a interação mente-matéria do Laboratório de Pesquisa de Engenharia de Anomalias Princeton, que discutiremos mais tarde. Naquele mesmo ano eu comecei um programa de pesquisa psi a Interval Research Corporation, um laboratório de pesquisa electrónica de consumo em Silicon Valley.48 Dois anos mais tarde, University of Amsterdam psicólogo Dick Bierman começou outro programa de pesquisa psi em Starlab, um laboratório de pesquisa industrial em Belgium.49 Estes desenvolvimentos orientadas para a tecnologia incipientes prenunciou uma mudança em como psi é percebida entre os pensadores de vanguarda. Já não é vista como impensável, ou como uma anomalia sem sentido. Em vez disso, psi está sendo considerado como uma verdadeira, ainda que mal compreendida facilidade humana que, se pudermos descobrir maneiras de usá-lo de forma confiável, sem dúvida, tornar-se o próximo negócio de trilhões de dólares. Esta mudança pragmática está começando a trombeta ceticismo desatualizado. Há sempre aqueles que vigorosamente negar a possibilidade de invenções novos e desnecessários, mas como esses opositores desfrutar de bebidas refrescantes enquanto assistia televisão em suas casas confortáveis, eles podem considerar que se os cientistas e engenheiros criativos não estavam constantemente imaginando impossível

INFILTRADOS VERSUS DRACOS - O Fator Sírius!!!

PONTE OCULTA : A GRANDE MORADA VII: “Radiante como o astro que surgiu no tempo da colheita, brilhando em meio ao cúmulo de estrelas, no mais escuro da noite, a estrela que os homens chamam o Cão de Órion. A mais luminosa, mas interpretada como um sinal malévolo, trazendo muita febre para os homens infelizes...” A Illiada “Ele vem ricamente vestido, em muitas cores.” M. MARTIN, 1907 O reino de Sírio foi o primeiro a ser explorado pelas consciências curiosas que haviam passado pelo Prisma de Lira e haviam se separado dos Fundadores. Sírio representa um símbolo muito importante para toda a Família Galáctica, o símbolo da tríade. Embora ainda não tenha sido confirmado cientificamente pela maioria dos astrônomos, Sírio é um grupo ternário de estrelas. Alguns astrônomos como Van Der Bos e Finsem do Union Observatory especularam, já em 1920, que Sírio, verdadeiramente, era um grupo ternário de estrelas. Também o fez, mais recentemente, D. Lauterborn. Não obstante ainda não foi encontrado nenhum dado apto para confirmar essa especulação.

domingo, 21 de junho de 2015

DRACOS- Estes indivíduos provavelmente nasceram assim e vão morrer assim

Ao contrário dos pedófilos, que em sua grande maioria apresentam episódios de abuso na infância, os necrófilos não exibem em seu histórico de vida características em comum, que pudessem ser interpretadas como um indicativo de causa do desenhttp://r7.com/YuwRvolvimento da doença na idade adulta. Psiquiatra do ambulatório do tratamento de dependências de comportamento do Proad (Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes), da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Aderbal Vieira Junior define a necrofilia como um interesse sexual antinatural. — Temos um processo evolutivo que nos selecionou para buscar seres humanos viáveis com quem possamos nos reproduzir. O necrófilo vai de encontro a isso. Ele vai atrás de um cadáver, que é algo apodrecido, isso enquanto a maioria das pessoas tem uma aversão natural à putrefação. Para Palomba, a necrofilia não é formada em nenhuma fase da vida, e sim inata. — Estes indivíduos provavelmente nasceram assim e vão morrer assim. É uma doença que não tem cura nenhuma. Por isso, ele vai acabar sendo pego mais cedo ou mais tarde. Deveria haver um lugar para esses indivíduos morarem longe da sociedade. E arrisco dizer que a necrofilia é apenas uma das aberrações comportamentais destas pessoas. Um exame minucioso mostraria que eles apresentam muitas outras. Vieira Junior avisa que o ideal em casos como este é medicar o paciente imediatamente, para protegê-lo e também proteger a socied
ade, evitando “que uma tragédia aconteça”. Mas, ainda assim, o psiquiatra esclarece que, mesmo com tratamentos farmacológicos
 e psicoterapia, os necrófilos jamais vão conseguir se transformar em pessoas com interesses sexuais considerados normais. — Suponho que o necrófilo seja similar aos outros parafílicos. É algo muito estável, como a pedofilia, por exemplo. É difícil transformar um pedófilo em alguém com interesse em adulto. Nós, que gostamos de ter relações sexuais com seres vivos e adultos, não vamos conseguir virar necrófilos, assim como os necrófilos não vão conseguir virar pessoas normais. Logo no princípio da internet, décadas atrás, Vieira Junior se lembra de ter encontrado um site que incitava a prática da necrofilia. Nele, havia orientações de participantes a novos interessados no tema, tais como métodos de proteção contra as bactérias do cadáver durante o ato sexual, e formas de se esconder da fiscalização dos cemitérios. — Esta série de crimes recentes comprovam que os necrófilos continuam existindo, e que eles estão se organizando.