NOSSO BANNER

Create your own banner at mybannermaker.com!

Quarto Reich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Quarto Reich é um termo utilizado para descrever um futuro teórico da história alemã - um sucessor do Terceiro Reich. O termo foi utilizado inicialmente por Rudolf Hess após osJulgamentos de Nuremberg, quando, sofrendo de distúrbios mentais, afirmou ser ele o "Führer do Quarto Reich".[1] Porém o termo se tornou popular nos anos de 1960 e 1970, devido ao fato de várias figuras políticas da Alemanha Ocidental, como o chanceler Kurt Georg Kiesinger, possuírem vínculos com o regime do Terceiro Reich.

Em termos de neo-nazismo, o quarto Reich é apresentando como um Estado em que vigora a "supremacia ariana", anti-semitismo, Lebensraum, militarismo e totalitarismo. Neo-nazistasacreditam que o Quarto Reich abrirá caminho para o estabelecimento de um "Império Ocidental", um império pan-ariano abrangendo terras com proeminentes laços arianos (Europa,Rússia, Anglo-América, Austrália, Nova Zelândia, e algumas partes da América do Sul como o Brasil), o que permitiria que o Ocidente entrasse no "choque de civilizações". [2]

Em seu livro, "A Ascensão do Quarto Reich: As sociedades secretas que ameaçam assumir a América" (em inglês: The Rise of the Fourth Reich: The Secret Societies That Threaten to Take Over America) Jim Marrs argumenta que alguns membros sobreviventes do Terceiro Reich, juntamente com simpatizantes dos nazismo nos Estados Unidos e noutros países, trabalharam clandestinamente desde o final da Segunda Guerra Mundial para que alguns dos princípios do nazismo (por exemplo, militarismo, fascismo, imperialismo, espionagem generalizada e utilização de propaganda para controlar os interesses nacionais) sejam infiltrados na cultura, governo e empresas em todo o mundo, mas principalmente nos Estados Unidos. Ele cita a suposta influência do nacional-socialismo nos Estados Unidos no final da Segunda Guerra Mundial, tais como cientistas nazistas que ajudaram os E.U.A no avanço naindústria aeroespacial, bem como a aquisição e a criação de conglomerados pelos nazistas e seus simpatizantes após a guerra, tanto na Europa e E.U.A.



quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Laura Botelho: Micromegas, uma história de gigantes

Laura Botelho: Micromegas, uma história de gigantes
Voltaire produziu obras em quase todas as formas literárias, incluindo peças de teatro, poemas, romances, ensaios e obras históricas e científicas. Ele escreveu mais de 20.000 cartas e mais de 2.000 livros e panfletos.

Entre seus textos mais curiosos,Micromegas, descrito como gênero de “ficção científica”, ele retrata a ideia de habitantes de outros planetas que vieram visitar a Terra, acredite.

O conto é pequeno, pode-se ler em poucos minutos, contém 7 pequenos capítulos que narra a visita à Terra de um ser de tamanho gigantesco originário de Sirius e de seu companheiro de viagem do planeta Saturno, um ser de estatura bem menor, mais ainda sim, um gigante em  relação aos humanos.

O 4°Reich - US, Reino Unido e Israel colaborou juntos, através da inteligência israelense (Mossad), a criação de uma organização terrorista capaz de reunir todos os extremistas no mundo

Estado islâmico e Israel compartilham uma série de inimigos comuns. O principal deles é o Irã, mas assim que são o governo sírio de  Bashar al - Assad, o movimento xiita  Hezbollah  no Líbano, milícias xiitas no Iraque ou a Irmandade Muçulmana no Egito. 

infantaria israelense retornar da Guerra do Líbano

Isto foi  reconhecido pelo o final de junho, o chefe da inteligência militar israelense, o general Herzi Halevi, durante um fórum de segurança internacional: "A derrota doEstado Islâmico na Síria e no Iraque serianão servem os interesses de Israel, como este seria causar Israel deixou sozinho no poderio militar do Irã e Hezbollah, o movimento de resistência islâmica do Líbano ". 

Na verdade, de acordo com declarações feitas pelo o ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, por sua sigla em Inglês)  Edward Snowden , em Junho de 2014, os serviços de inteligência do US, Reino Unido e Israel colaborou juntos, através da inteligência israelense (Mossad), a criação de uma organização terrorista capaz de reunir todos os extremistas nomundo. 

De acordo com  vazamentos  de Snowden, "a única solução para a proteção do Estado judeu é para criar um inimigo perto de suas fronteiras". Eles também afirmou que o Mossad procurado cursos militares de treinamento, oratório e teologia, o líder do Estado Islâmico,  Abu Bakr al Baghdadi . 

https://actualidad.rt.com/actualidad/219358-por-que-estado-islamico-no-ataca-israel

terça-feira, 20 de setembro de 2016

O 4°Reich - “Moradores de uma cidade xiita nos arredores de Aleppo festejam os soldados de Assad. As pessoas estão cansadas da guerra”


“Moradores de uma cidade xiita nos arredores de Aleppo festejam os soldados de Assad. As pessoas estão cansadas da guerra”, diz o tweet acima.

“Profundamente emocionado” pelas fotos exibidas na mídia ocidental, “o secretário de Estado americano, John Kerry, imediatamente exigiu que a Rússia parasse de bombardear alvos civis.” Mas “a verdade”, diz Vernochet, “é muito mais prosaica porque se a cidade de Aleppo está completamente cercada pelas forças do governo, o corredor de fornecimento dos rebeldes à Turquia está fechado.”  “Basta dizer agora que a rebelião corre o risco de colapso total, especialmente depois de 4 de fevereiro, quando o exército sírio conseguiu quebrar o bloqueio de duas pequenas cidades xiitas - Nubl e Zahraa - cercadas por islamistas desde 2012, com moradores recebendo soldados leais com chuvas de arroz e flores. Isso também significa que até 5 mil milicianos xiitas podem estar prontos para se juntarem à retomada de Aleppo.”

Mostrar mais:https://br.sputniknews.com/mundo/20160213/3572237/aleppo-midia-ocidental-nao-quer-mostrar.html

Informação Incorrecta: Petróleo: o segredo sujo

Informação Incorrecta: Petróleo: o segredo sujo
Além disso, há um evidente paradoxo: numa altura em que o terrorismo islâmico cria medo em boa parte do planeta, os bancos centrais da maioria dos Estados investem em Dólares americanos; e estes mantêm o seu valor com a carteira daquele País que é o principal financiador dos terroristas islâmico, como no caso do ISIS.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Clube do Ebook: BLINK A DECISÃO NUM PISCAR DE OLHOS [ePub - Mobi -...

Clube do Ebook: BLINK A DECISÃO NUM PISCAR DE OLHOS [ePub - Mobi -...: BLINK A DECISÃO NUM PISCAR DE OLHOS [ePub - Mobi - PDF ] Malcolm Gladwell | Download Blink elevou Malcolm Gladwel...

INFILTRADOS VERSUS DRACOS - Mediunidade...

Na maioria dos casos, a mediunidade representa uma evolução espiritual anterior, isto é, desenvolvimento de faculdades psíquicas em cultos religiosos do passado. Tal desenvolvimento acarreta responsabilidades elevadas sob o ponto de vista espiritual, inerentes às próprias vivências superiores. Se na presente existência o possuidor desta faculdade especial, por orgulho, vaidade ou egoísmo, abastardá-la pelo mau uso, há de se tomar responsável perante os poderes que governam a evolução do Planeta, com graves conseqüências para seu progresso espiritual. Cedo ou tarde, nesta ou em encarnações futuras, haverá de perder a magnífica oportunidade de contato com o mundo dos espíritos, oportunidade esta que lhe dá, se bem usada, condições extraordinárias para sua evolução. Em qualquer de suas formas, portanto, a mediunidade deve ser consagrada ao serviço, no grande programa de auxílio à Evolução em todos os planos de Vida. Não pode ser considerada propriedade pessoal, bem disponível e produtor de lucros ou vantagens materiais, em benefício do indivíduo. Nem haverá de ser apanágio de ouropéis sociais com direito a distinções que destaquem seu possuidor entre seus semelhantes. Médium que pensa em situações materiais ou honras pessoais não permanece muito tempo verdadeiramente médium; perdendo os motivos nobres de sua prática mediúnica, esta em breve se transforma em mera alavanca de exploração egoísta e comercial. . Se o médium, enfrentando dificuldades por vezes imensas (inerentes à sua condição humana), incompreensões e agressões dos seus semelhantes, consagrar sua faculdade ao serviço daqueles que o cercam, encarnados e desencarnados, ele estará realmente cumprindo sua missão sagrada. A noção da responsabilidade e dos valores espirituais torna-se nele uma constante, natural modo de ser de médium humilde e bem formado. Dificilmente, então, haverá de tropeçar ou desviar-se, perdendo a assistência espiritual superior - única proteção para o trabalho útil. Ele sabe que a perda dessa proteção o levará, automaticamente, a receber assistência de espíritos do baixo astral, com grande prejuízo para ele e para as pessoas que ele "atender".